Retenção de líquidos

Atualizado: 8 de Ago de 2019

A água está presente em todas as reações do corpo humano, representando cerca de 70% do peso corporal. Antes conhecida apenas por seu poder de hidratação, é hoje retratada na literatura como o nutriente mais abundante no organismo e também o que participa do maior número de reações metabólicas. O funcionamento do H20 pode ser ordenado ou desordenado, de acordo com os alimentos e produtos alimentícios ingeridos no planejamento alimentar.


O fluxo deste líquido no organismo é intenso e necessita de atenção quando há um possível estado irregular. Reter líquido é uma estratégia de defesa do organismo para nos proteger de situações adversas como stress, produtos alimentícios, desidratação, inflamações, sedentarismo, administração de medicamentos, fatores climáticos e mal funcionamento de algum órgão.


Pessoas que tem uma vida muito corrida e não conseguem administrar o tempo, acabam chegando a uma sobrecarga no estado mental e, consequentemente, ao nervosismo e ansiedade. Sendo assim, o stress aumenta a produção de um hormônio chamado cortisol, que tem funções negativas para a distribuição de líquidos, piorando o funcionamento do intestino e aumentando os níveis de açúcar no sangue, dificultando a absorção de água no meio intracelular. Dormir pouco também é um fator que contribui para fadiga muscular e o desregramento das contrações do intestino, comprometendo a absorção de todos os nutrientes, inclusive os presentes na água.


Se uma dieta é rica em produtos alimentícios que ficam durante dias nas gôndolas dos supermercados, provavelmente, ela tem uma quantidade de sódio e conservantes elevada, causando um desequilíbrio na quantidade de água que entra nas células. Consequentemente, esse mesmo tipo de alimentação tem uma provável deficiência na quantidade de potássio, que é um mineral que está presente em maior quantidade nos alimentos que vem da terra. Batata doce, beterraba, abacate, banana são algumas das fontes deste micronutriente que trabalha no sentindo inverso do que se conhece popularmente como sal, retirando água do meio intracelular. Neste caso, temos uma situação em que o corpo retém mais líquidos por uma prevalência de sódio em relação ao potássio, necessitando de um replanejamento alimentar.


Na ausência de salário todo mês é bom ter uma poupança, assim é como beber a quantidade de água insuficiente. Reter para não faltar no cérebro é algo bem importante para nos manter vivo, sendo assim é uma necessidade humana fazer uma poupança de H2O para em situações de precisão, mostrando que beber pouca água exige uma retenção. Quanto ao fator estético, do excesso de líquidos, é um incômodo principalmente para mulheres, que muitas vezes se queixam de estrias e celulites. No período menstrual o hormônio progesterona modifica diversos processos no organismo, que causa um acúmulo maior de água principalmente nas mamas, pelve e abdome. Cuidado com a utilização de anticoncepcionais e diuréticos.


10 dicas para ajudar a manter o bom funcionamento orgânico relacionado com a água:


  • Durma bem e não se estresse.

  • Evite industrializados e embutidos.

  • Beber pelo menos 35ml por kg de peso corporal.

  • Consuma alimentos ricos em potássio e magnésio.

  • Faça exercício físico.

  • Seja vigilante do seu peso.

  • Faça um check-up cardíaco uma vez a cada 6 meses.

  • Consuma água com limão. (Consulte seu nutricionista)

  • Cuidado com medicamentos desnecessários.

  • Evite bebida alcoólica, inclusive cervejas que contém milho transgênico.


NUTRICIONISTA
JAYME ASSUNÇÃO
CRN 11090


489 visualizações

Tel: (75) 3024.9108

  • FaceBook
  • Instagram

Rua São Domingos, 341
Feira De Santana, BA 

atendimento@seunutricionista.com

© 2018 por SeuNutricionista.